Pathys

Oculta por uma muralha circular de névoa a quilômetros da cidade que bloqueia divinações, Pathys é uma cidade construída em um complexo de Icebergs. É possível ver pessoas andando dentro das ou sobre as pontes de gelo que conectam as diversas montanhas de gelo.

A alguns metros do nível da água, torres em um branco opaco crescem pontiagudas e irregularmente belas a partir dos icebergs. Uma delas, maior que as demais e isolada em uma das ilhas de gelo, parece emitir ocasionalmente um reflexo colorido como a aurora boreal em suas paredes vez por outra, trata-se da torre dos arcanistas. Para os olhos dos elfos de gelo, essas mudanças são mais frequentes e visíveis.
No centro do complexo há um iceberg mais maciço, que, não só alcança uma profundidade maior do que os demais, como o gelo que o compõe tem um leve brilho azul que pode ser visto até mesmo debaixo d’água. No centro de seu topo, grandes espinhos vermelho sangue cercam a abóboda de uma espécie de templo.

A água cristalina nessa região permite ver abaixo das pálidas e azuladas plantas aquáticas que cercam a cidade em vários pontos conforme suas raízes se esticam vários metros para o fundo. Conhecida como rainha anil, essa planta possui folhas largas e pálidas em forma de disco que permitem que a planta boie. Uma flor anil brota em seu centro. Essa planta é nativa de Pathys e é muito utilizada na fabricação de um corante anil, além de ser um ingrediente alquímico raro e integrar boa parte da dieta dos elfos locais e dos sarpais.

O porto local costuma estar repleto de barcos afilados com grandes velas azuis e roxas ancorados. Uma espécie de elevador feito de cordas, madeira e gelo garante a transferência dos viajantes para o topo do iceberg.

A cidade é governada por um conselhos formado por três representantes: o primeiro filho, a alta sacerdotisa e o senhor do gelo.
O primeiro filho é o título dado membro mais velho de uma família nobre considerada a primeira a ser tocada por Fryst. Eles detém o comando sobre a guarda da cidade. A alta sacerdotisa é a líder religiosa local e detém o poder sobre os julgamentos locais, sendo a maior pena o banimento, uma vez que toda vida é considerada preciosa. O senhor do gelo é o título dado ao mago de maior capacidade em Pathys. Atualmente o título é alternado entre Eluska Fendh e Kennari Galdur, que normalmente substitui Eluska.

Pathys

Bacônia - A Guerra do Corvo vinihigino